Casa de Saúde S. José

Unidade de saúde de referência especializada em Saúde Mental e Cuidados Continuados (Gelfa e Melgaço).

Serviços / Especialidades

Psiquiatria - Médio e Longo Internamento

UNIDADE S. JOÃO DE DEUS


A Unidade S. João de Deus destina-se a pessoas com doença mental com idade inferior a sessenta e cinco anos e que se encontram em regime de internamento prolongado.

Tem uma lotação de 52 camas e visa promover a integração dos doentes que, nela, residem em programas de reabilitação psicossocial através, essencialmente, de treinos de atividades de vida diária, aptidões sociais, etc.

Outras atividades de carácter psicoeducativo são realizadas, centrando-se em temas como a percepção da doença e do tratamento, sexualidade, adaptação às experiências ocupacionais e ao uso adequado dos tempos de lazer.

UNIDADE S. JOÃO GRANDE

Unidade de apoio máximo destinada a utentes com deficiência mental incapacitante e a utentes com doença mental com distúrbios da personalidade ou alterações do comportamento, com o objetivo de promover o bem-estar, o conforto, a segurança e a qualidade de vida visando a manutenção das competências dos utentes.

UNIDADE S. BENTO MENNI

Unidade de Apoio Máximo destinada à prestação de cuidados de saúde a utentes com doença/deficiência mental com dependência física e deterioração cognitiva elevada com o objetivo de promover o bem-estar, o conforto e a qualidade de vida prevenindo-se a deterioração das competências dos utentes.

UNIDADE IRMÃO PIERLUIGI MARCHESI

Unidades de apoio moderado para utentes clinicamente estabilizados, com o objetivo de promover a autonomia, o bem-estar e a qualidade de vida, através de programas de intervenção centrados na reabilitação psicossocial, que promovam um ambiente favorável à manutenção e estruturação de competências, através de treinos de atividades básicas e instrumentais de vida diária e de aptidões sociais e da psicoeducação centrada na promoção da saúde e no uso adequado dos tempos livres.

Reabilitação: Residencial

RESIDÊNCIA ANGULO

Inaugurada em 2005, a Residência Angulo, é uma unidade equiparada a Residência de Treino de Autonomia, enquadrada na comunidade de Areias de Vilar com capacidade para sete utentes com reduzido ou moderado grau de incapacidade psicossocial por doença mental grave, que se encontram clinicamente estabilizados.

Reabilitação: Ocupacional

Após a criação do Serviço de Reabilitação Psicossocial, surgiu a necessidade de optimizar os serviços oferecidos pela Casa de Saúde S. José e melhorar a qualidade de Vida dos nossos clientes. Neste sentido, em 17 de Maio de 2003, criou-se e organizou-se o atual Ateliê de Atividades Ocupacionais Ir. Bonifácio.

O Ateliê é composto essencialmente por seis espaços, que são: Ateliê de Reciclagem; Sala de Pintura, Sala de Trabalhar o Papel, Bar Terapêutico, Ateliê de Imagem e Ateliê de Olaria, para além de ter como pano de fundo o magnífico parque Ir. Jacinto.

 

Admissão de Utentes

Em atualização.

Até lá pode sempre entrar em contacto connosco através do telefone ou e-mail disponíveis neste site.

Certificações

A Casa de Saúde S. José está certificada nas seguintes valências e serviços:

Serviço de Reabilitação Psicossocial

Unidade de Longa Duração e Manutenção

Unidade de Saúde da Gelfa (RNCCI)

Localizado no lugar da Gelfa, freguesia de Âncora, concelho de Caminha, este novo espaço de saúde pretende dar resposta a pessoas com doenças ou processos crónicos, com diferentes níveis de dependência, que necessitam de cuidados clínicos, de manutenção e de apoio psicossocial, em regime de internamento de longa duração tendo como objetivo contribuir para o bem-estar e qualidade de vida da pessoa, proporcionando-lhe cuidados conducentes à estabilização clínica, à prevenção e retardamento da situação de dependência.

Integrada da Rede de Cuidados Continuados será uma resposta de proximidade em particular para os concelhos de Viana do Castelo, Caminha e Vila Nova de Cerveira.

Para dar resposta a este objectivo o Centro tem um Serviço Clínico composto por: Enfermeiros, Médicos, Psicólogos, Técnicos de serviço Social, Técnicos de Reabilitação (Terapeutas Ocupacionais; Fisioterapeutas; Terapeuta da Fala; Animadora Sociocultural).

Em conjugação com este Serviço Técnico funcionam os Serviços Gerais comuns a qualquer centro assistencial: serviços administrativos; serviço de tratamento de roupa; serviço da cozinha; serviço de manutenção.

IR PARA A UNIDADE DE SAÚDE DA GELFA

Unidade de Saúde de Melgaço (RNCCI)

Localizado no coração da Vila de Melgaço, no edifício contíguo ao Centro de Saúde, este novo espaço, inaugurado a 20 de Agosto de 2016 pelo Primeiro Ministro António Costa, vem dar resposta nas tipologias de Média Duração e Reabilitação e Longa Duração e Manutenção ao distrito de Viana do Castelo.

A Unidade de Média Duração e Reabilitação (prevista para internamento com duração igual ou inferior a 90 dias), destina-se as pessoas que necessitem de cuidados clínicos, de reabilitação e de apoio psicossocial, por situação clínica decorrente de recuperação de processo agudo ou descompensação de processo patológico crónico, originando perda transitória de autonomia recuperável, com impossibilidade de prestação de cuidados de saúde no domicílio e pela não justificação de internamento em Hospital de Agudos ou em Unidade de Convalescença.

Unidade de Longa Duração e Manutenção (concebidas para períodos de internamento superior a 90 dias), destina-se as pessoas com doenças ou processos crónicos, com diferentes níveis de dependência e que não reúnam condições para ser cuidadas no domicílio ou serem internadas no Hospital de Agudos.

Integrada da Rede de Cuidados Continuados será uma resposta de proximidade em particular para os concelhos de Melgaço, Monção, Valença.

Para dar resposta a este objectivo a Unidade tem um Serviço Clínico composto por: Enfermeiros, Médicos, Psicólogos, Técnicos de serviço Social, Técnicos de Reabilitação (Terapeutas Ocupacionais; Fisioterapeutas; Terapeuta da Fala; Animadora Sociocultural).

Em conjugação com este Serviço Técnico funcionam os Serviços Gerais comuns a qualquer centro assistencial: serviços administrativos; serviço de tratamento de roupa; serviço da cozinha; serviço de manutenção.

IR PARA A UNIDADE DE SAÚDE DE MELGAÇO

Quem Somos

Sobre Nós

A atividade assistencial na Casa de Saúde S. José foi, ao longo dos anos, diversificando-se, estando atualmente presente a nível dos Cuidados Continuados Integrados e da Saúde Mental.
Os utentes clientes na área da saúde mental encontram-se distribuídos por quatro Unidades de Evolução Prolongada, duas das quais de Apoio Moderado e duas de Apoio Máximo, integrando também uma resposta equiparada a Residência de Treino de Autonomia.

Neste Centro têm sido privilegiadas a recuperação global ou a manutenção dos aspetos psíquicos e/ou sociais, dos clientes, através das intervenções definidas no âmbito da Reabilitação Psicossocial, numa visão integral do utente, na qual as competências técnicas da equipa multidisciplinar e o envolvimento com a família e o próprio, permitem uma assistência individualizada materializada em Planos Individuais de Intervenção com o objetivo de responder às necessidades identificadas.

Desde que foi criada e, essencialmente devido à sua localização no seio da comunidade de Areias de Vilar, os utentes internados nestas respostas sempre tiveram um contacto muito próximo com a população vizinha, o que veio permitir que mantivessem um bom nível de competências sociais.

Respostas de apoio:

  • Serviço de Reabilitação Psicossocial
  • Pastoral da Saúde e Animação
  • Atelier de Atividades Ocupacionais
  • Atividades Ergoterápicas
  • Atividades Desportivas
Direção

Diretor: Dr. Luís Daniel Fernandes
Director Administrativo e Financeiro: Dr. Luís Pedro Vieira Lousada Novo
Director Clínico: Dr. Luís António Sá e Melo
Director de Enfermagem: Dr. Ana Margarida Ferreira da Silva
Responsável da Pastoral da Saúde e Social e da Animação: Dra. Luísa Fidalgo Martins

Superior da Comunidade: Ir. António Matias

Equipa

A Casa de Saúde S. José integra, no seu quadro de pessoal

Administrativos
Animadoras Socioculturais
Auxiliares
Capelães
Clínicos Gerais
Enfermeiros
Farmacêutica
Fisiatra
Fisioterapeutas
Medicina Interna
Monitores de Atividades Ocupacionais
Neurologistas
Pessoal da Pastoral da Saúde e Animação
Pessoal de manutenção e serviços gerais
Psicólogos
Psiquiatras
Técnica de Farmácia
Técnicos de Serviço Social
Terapeutas da Fala
Terapeutas Ocupacionais

História

O Convento de São Salvador de Vilar de Frades e a respetiva Quinta foram adquiridos, a 28 de janeiro de 1957, ao Dr. Cupertino de Miranda, pelo Superior Provincial, o Ir. José Joaquim Fernandes. Designada inicialmente por Hospital Granja de S. José, ou Granja Agrícola de S. José do Vilar, foi adquirida para aí se instalar uma quinta ergoterápica, em continuidade da Casa de Saúde S. João de Deus de Barcelos. 

Os primeiros cinco doentes foram recebidos a 4 de fevereiro de 1957.

O regime de ergoterapia ocupava os doentes, sobretudo, na agropecuária. A qunta procuzia grande diversidade de produtos, como, milho, trigo, batata, feijão, hortaliças, carnes, lacticínios, ovos e fruta. As ocupações ergoterápicas incluíam também a manutenção da casa, em diversas taregas como nas obras, na limpeza, na barbearia ou na cozinha.

Em 1970, o Hospital-Granja de S. José passou a designar-se Casa de Saúde S. José, devido à reforma da legislação hospitalar.

Em 2013, expandiu a sua atuação para o distrito de Viana do Castelo, tendo sido inaugurada, a 10 de setembro, a Unidade de Saúde da Gelfa, vocacionada para os cuidados continuados de Longa Duração e Manutenção, inserida, desde 2008 na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI). 

Três anos depois, a 20 de agosto de 2016, abriu a unidade de saúde de Melgaço com as tipologias de Média Duração e Reabilitação e Longa Duração e Manutenção, também incluídas na RNCCI.

Contactos

  •  Telefone

    (+351) 253 919 000

  •  Morada

    Largo S. João de Deus, 1

    4755-044 Areias de Vilar

  •  Email

Visitas

  •  #COVID-19

    A realização da visita requer um agendamento prévio. Contacte a CSSJ por telefone ou e-mail.

     

    As visitas têm, nesta fase, uma duração de 30 minutos. Se nos últimos 14 dias teve sintomas sugestivos de COVID-19 ou tenham estado em contacto com casos suspeitos ou confirmados não deve realizar visitas.

     

  • Medidas implementadas:

    É elaborado um registo de visitantes.

    Deve cumprir com as medidas de distanciamento físico, etiqueta respiratória e higienização das mãos.

    É obrigatória a utilização da Máscara, preferencialmente cirúrgica.

    Não pode trazer objetos pessoais, géneros alimentares ou outros produtos.

    Os visitantes apenas poderão circular nos circuitos delimitados para o efeito.

    Para mais informações solicite o Regulamento para Visitas do Plano de Contingência da CSSJ #COVID-19

Candidaturas

 

Agradecemos o seu interesse em trabalhar connosco. Envie o seu CV para cssj.vilar@isjd.pt.

A Carregar Informação